NOTÍCIAS

Poeta defende dissertação sobre cidadania e empoderamento juvenil

O poeta e professor Manoel Belizario (à esquerda na foto), da Academia de Cordel do Vale do Paraíba, defendeu dissertação de Mestrado/PROLETRAS, tendo como orientador o professor Erivaldo Nascimento, nesta terça-feira, 18 de fevereiro. O trabalho teve como base uma carta de denúncia de jovens da comunidade próxima à Praça Emerson Lucena, ao lado do cemitério no Conjunto Cristo Redentor em João Pessoa. A carta denúncia dos alunos do 9º ano do Ensino Fundamental, enviada ao Ministério Público e Prefeitura, aponta o abandono em que se encontra a praça, com quadra danificada, lixo e equipamentos abandonados.

O professor Manoel Belizário centrou seu trabalho no ensino da escrita como instrumento de transformação social. Para ele, todas as atividades humanas são motivadas por razões atreladas a necessidades da vida cotidiana. “Nenhum indivíduo realiza ações que não façam sentido à sua existência, e é incoerente qualquer atividade docente sem vínculo com o mundo real dos alunos”, explicou.

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar