NOTÍCIAS

Cordelista lança trabalho sobre padroeiro de Juripiranga

O cordelista Jota Lima produziu um cordel sobre a história da Festa de São Sebastião de Juripiranga, com arrecadação destinada à paróquia local.  “Os folhetos eu fiz ao participar da novena e ver a história do co-padroeiro de Juripiranga, então eu conto a história em versos, também para ajudar à paróquia de Juripiranga”, disse ele.

A edição é de 250 folhetos que estão sendo comercializados na própria secretaria da Paróquia Nossa Senhora da Soledade e São Sebastião de Juripiranga, que por sinal é um dos poucos municípios da Paraíba que tem dois padroeiros.

Jota Lima é professor e ativista cultural, atualmente vivendo em Campina Grande, membro efetivo da Academia de Cordel do Vale do Paraíba.

São Sebastião (França, 256 – 286) originário de Narbonne e cidadão de Milão, foi um mártir e santo cristão, morto durante a perseguição levada a cabo pelo imperador romano Diocleciano. O seu nome deriva do grego sebastós, que significa divino, venerável (que seguia a beatitude da cidade suprema e da glória altíssima).

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar